Songkran – o divetido ano-novo da Tailândia

Pessoas brincando com um elefante durante o Songkran

Pessoas brincando com um elefante durante o Songkran

Ano-novo no Brasil

O fim de ano está chegando e agora começam as promessas para 2016. Tem gente que garante que vai se matricular na academia e perder aqueles quilinhos extras. Já outros prometem trabalhar menos e dar mais atenção pra família. E claro, é sempre bom cumprir aquele ritual no dia 31 de dezembro pra ganhar uma ajudinha especial da sorte. Dar os famosos pulinhos nas ondas do mar, comer lentilhas no jantar, guardar uma folha de louro na carteira… O brasileiro adora uma superstição!

Além disso, aqui o destino preferido pela maioria na data é a praia. Um bom réveillon é sinônimo de fogos de artifício na beira do mar regado à muuuito champanhe!

Songkran

Ok, você sabe muito bem como os brasileiros curtem a virada do ano. Mas você já se perguntou como é lá na Tailândia? Eles fazem guerras de água! É isso mesmo que você leu. Guerras de água que podem envolver até animais como na foto. Os costumes são tão exóticos que a data já virou atração turística para estrangeiros. O nome do evento é Songkraran Festival e, apesar de hoje ser promovido por um órgão de turismo, o “Tourism Authority of Thailand” (TAT), já existe há centenas de anos na cultura tailandesa. O Songkran é compreendido como um símbolo de hospitalidade, amor e a importância de manter fortes relacionamentos com as famílias, comunidades e a sociedade como um todo. Apesar de ter a mesma essência do nosso ano-novo, o ritual acontece de acordo com o calendário lunar próprio do país e chega a durar 3 dias. O próximo, por exemplo, começará com uma programação intensa no dia 13 de abril e acabará só no dia 15.

Guerra de água durante Songkran

Guerra de água durante Songkran

É um ótimo passeio pra família inteira, não é mesmo? As crianças devem adorar esse ano-novo diferente!

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *